Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Palavras Esvaziadas

 
No baú do tempo de enganos
Larguei as palavras esgotadas
De sentido
Quando se afastaram diluídas
Nas sombras
Dos amores que nunca viria
A conhecer
Depois de atravessaram rios secos
Onde a solidão se foi banhar
E as lágrimas ficaram geladas
As palavras passearam
Feridas
Em ruas de muitas esquinas
Onde o vazio se foi encostar
Palavras imperfeitas
Palavras ocas
Palavras sem voz
Palavras desfeitas
Palavras que não querem
Mais saber
Quem fomos nós
Perdi-lhes o rasto fugaz
Não lhes vislumbro os contornos
Escondidas
Dentro de um baú aferrolhadas
Sou incapaz
De as despertar
Para um novo caminho.



Sem comentários:

Enviar um comentário