Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

As Cruzes ao Longo das Estradas


São como sombras tristes, são como o outono.
Pode olhar-se para dentro das cruzes ao longo
das estradas, são como poços, são como filhos

perdidos. As cruzes ao longo das estradas estão
cobertas por flores de plástico, secas, desbotadas
pela luz que, nos campos, brinca com os rostos

e com a memória. Existem linhas traçadas entre
o céu e as cruzes ao longo das estradas, são elas
que seguram uma parte do mundo, só os pais são
capazes de as ver.

Agora, enquanto falamos de papagaios de papel,
elas estão lá, onde sempre estiveram.

As cruzes ao longo das estradas são diferentes
de nós porque se nós  somos o vento e passamos,
as cruzes ao longo das estradas também são o vento,
mas há muito tempo que conseguiram chegar lá.

Sem comentários:

Enviar um comentário