Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

quarta-feira, 21 de março de 2012

Históricas Ausências


Faltar-me-ias tanto. Muito e tanto
como tarde de súbito a fugir
em direcção à noite. Corte tão
cheio de pagens e papoulas,
de canela e marfim.

Tudo sem ti, porém. Tudo sem ti.
(E repetir o verso faz-me bem
- consolo de quem tem o que
não há, ou seja: tu). Faltas-me em
sobressalto e em granito de
estátua  que não está

                                e cujo corpo
                                nem sequer vi
                                nu

Sem comentários:

Enviar um comentário