Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

sábado, 24 de março de 2012

A Pedra


No coração repousa a pedra.
Verte-se, em desusada cor, a nuvem que chega.
As chuvas batem no sono, agitadamente.
Não sei o que procuro entre as horas.
Um rosto perdido nas molduras do ar?
Os contornos são imprecisos quando a morte
fende o mármore.
Perguntam por mim os servos da terra.
Evocam-me os bosques, as suas lápides, e sou o
mineral fulminado,
a ruga profunda.
Na pedra repousa a dor.


Sem comentários:

Enviar um comentário