Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

domingo, 22 de julho de 2012

a ira

eu digo: abre as pernas.
mas os meus lábios não se movem.
eu posso dizer: cospe um filho.
com a minha língua dentro da boca.
eu posso morrer num funeral, que é
uma morte natural, ou nem morrer.
eu posso escrever a ira a três mãos:
a mão do homem, a mão de deus, a
minha mão. posso escrever a paixão
a três mãos. fazer amor a três mãos.
eu volto a dizer: abre as pernas. e a
minha voz é só o movimento oblíquo
das palavras. mas se eu disser com a
mão do homem, com a mão de deus,
e com a minha mão, abres as pernas?


                                Desenho a tinta da china - Vasco Barreto

Sem comentários:

Enviar um comentário