Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

sábado, 8 de dezembro de 2012

Escrevo-te adeus mas não parto

Escrevo-te adeus
mas não parto.

Fecho as janelas,
abafo a luz,
acendo velas,
esqueço-te a voz.

Escrevo-te adeus
mas não parto.

Desligo o telefone,
corro, não paro,
fujo para longe,
parto de carro.

Grito-te - Adeus!
mas não parto.

Desligo os faróis,
mudo de rua,
fumo um cigarro,                                                                                 
deito-me nua.

Beijo-te.
Adeus,
...mas não parto.

(Desenho de Vasco Barreto)

Sem comentários:

Enviar um comentário