Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

sábado, 28 de fevereiro de 2015

VEM COMIGO

Vem comigo. Eu ensino-te a ver o interior das
pedras. Fecha os olhos. Tacteia o fuste. Sente a fria
lisura na palma da tua mão. Abraça a coluna até...
onde chegar a vontade dos teus braços. Encosta o
ouvido como se faz a um búzio. Podes até pensar
que tens um corpo vivo ali ao teu dispor. Escuta o
bater do teu coração. Há muito o não ouvias, eu sei.
É preciso sonhar com o interior das pedras para
ouvir o relógio da vida. Aquieta-te. Não desvies o teu
pensamento do coração da pedra. Bate como o teu,
não é? Já não está fria a pedra. Podia bem ser um
corpo vivo. Há agora água dentro dos teus olhos.
Não tarda molhará a pedra e chorarão as duas. Não
mais dirás que és diferente da pedra. Depois farás o
mesmo com a árvore. Não mais dirás então que tu e
a árvore são diferentes. Farás o mesmo com uma
estrela quando ela cruzar o teu caminho.
Saberás que és igual à estrela. Estarás então pronta
para conhecer e amar o coração dos homens.


Ilustração: Vasco Barreto.

Sem comentários:

Enviar um comentário