Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Que ideia horrenda te possui, Elmano?

Que ideia horrenda te possui, Elmano?
Que ardente frenesi teu peito inflama?
A razão te ilumine, apaga a chama,
Reprime a raiva do ciúme insano.

Esperanças consome, ou vive ufano,
Ah! Foge, ou cinge da vitória a rama;
Ama-te a bela Armia, ou te não ama,
Seus ais são da ternura, ou são do engano?

Se te ama, não consternem teus queixumes
Os olhos de que estás enfeitiçado,
Do puro céu de Amor benignos lumes:

Se outro na alma de Armia anda gravado,
Que fruto hás-de colher dos vãos ciúmes?
Ser odioso, além de desgraçado.

Bocage in Poesias
Desenho: Vasco Barreto.

Sem comentários:

Enviar um comentário