Informação


Este blogue foi criado há alguns anos para divulgar a poesia e as artes plásticas dos verdadeiros artistas...Por vezes, coloquei alguns humildes trabalhos meus, mas vou deixar de o fazer, e em defesa da coerência criei um outro blogue, com características pessoais, o qual vos convido desde já a darem uma olhadela em:

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Beira-mar

À beira-mar,
mortos de cansaço,
os espíritos dos seixos afogam-se na crispação das ondas.

Nem sequer o mergulho feminil das sereias
faz crescer neles outros estímulos pétreos.
Nem mesmo o vento ligeiro
acariciando as ancas das falésias
trará à pele das águas
o olhar cândido guardado na vitrina da memória.

Resta-lhes as marés esgotadas de iodo
numa paisagem de céu e mar
de homens crescendo dentro dos corpos.

Fernando Lobo in A Justiça dos Equinócios
Pintura a acrílico sobre tela: Vasco Barreto.

Sem comentários:

Enviar um comentário